domingo, 15 de maio de 2011

A Morte


Nesses últimos tempos, após a perda de pessoas queridas, pude refletir a respeito da morte, um assunto que nem sempre é agradável de se tratar, pois parece que não fomos programados para deixar de existir. Ao falar em morte, observamos as mais intensas reações, alguns dizem não ter medo dela, outros procuram não pensar, nem sequer falar nesse assunto, mas o real é que não tão raramente somos remetidos a esses pensamentos e reflexões a respeito do assunto, basta recebermos a notícia de que alguém que conhecemos atravessou a fronteira da vida e passou a não mais existir, ao menos desse lado da existência.

Muitos não acreditam em vida após a morte, julgam ser essa vida a única que teremos, por isso procuram aproveitar o máximo o que cada oportunidade pode oferecer, outros acreditam em outras vidas, através da reencarnação e uma grande maioria acredita numa outra dimensão, caracterizada como céu ou inferno, um lugar onde passaremos a eternidade e dependendo de nossas escolhas por aqui, poderemos desfrutar ou não da chamada presença de Deus.

Diante desses argumentos, pensamos será que após a morte teremos todas as respostas às perguntas a respeito de Deus? Será que existirá uma realidade onde ele se revela tão claramente como o sol a cada manhã? Os mais religiosos dirão que sim, mas isso não esconde o fato de que Deus ainda continua um completo mistério que talvez só seja revelado após a finitude da vida, existindo algo ou não...



" Agora vejo em parte, mas então veremos face a face "
Renato Russo

13 comentários:

  1. são ótimas reflexões!
    eu acho que independente de sua religião ou de sua não-religião você deveria ler o livro dos espíritos. a doutrina espírita é bem mais filosófica e cientifica do que religiosa em si, então por exemplo o livro dos espíritos são diversas perguntas e reflexões sobre isso tudo!

    eu acho que somos ignorantes demais para saber o sentido da vida, precisamos evoluir como espíritos, mas acredito em reencarnação. é só pensar que seria muito injusto que uma pessoa nasça com as condições perfeitas de saúde em um bairro rico dos eua e outra nasça com aids na africa. com a reencarnação, sabemos que a pessoa não está passando por essa prova/dificuldade atoa.

    quanto à morte, é um processo natural, é muito triste pq ficamos com saudades, mas para quem acredita em reencarnação, não é o fim, é só um distanciamento que em um certo tempo será desfeito :)

    http://songsweetsong.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Encaro a vida como uma vela acesa,quando a cera acaba,simplesmente acaba,é impossível reacender o pavio.
    Quando alguém morre,não exste nada além,e não vejo sentido algum em reencarnação,visando que você não se lembrará de nada,não terá seus velhos amigos e entes queridos.

    ResponderExcluir
  3. Excelente reflexão, bem, para aqueles que entregaram suas vidas à Cristo, esse assunto morte não é tão perturbador, pois sabem que após a morte, terão a vida eterna, mas para as pessoas que não adentraram por esse Caminho, dúvidas e temores são constantes e, mesmo para aqueles que creem em reencarnação, sempre têm uma pulga atrás da orelha e não tem uma certeza completa. Eu pelo menos creio que estou salvo em Cristo Jesus, pois já fiz a minha decisão há alguns anos, e então não tenho grilos nenhum. Assim como disse Paulo, o viver é Cristo, e o morrer é lucro.

    Um abração pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Agora vejo em parte, mas então veremos face a face !
    O mestre dos mestres e sua divina sabedoria, é fascinante!
    *:

    http://sweetboldness.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Otiimo texto.
    Concordo com tudo!
    Falar de morte é fácil e ao mesmo tempo complicado, pois vem a tona várias perguntas, que para haver resposta , só morrendo pra saber.. E isso, aah eu prefiro ficar sem essas respostas!

    ----------------------------------
    http://www.ondadagalera.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Muitooooo bom o post
    Seu blog está de Parabens viu?!
    Estou te seguindo
    beijos

    www.jmphotosnet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Existe um tabu a cerca da morte. Ano passado soube da morte de pessoas que convivi, ri, conheci, algumas já havia perdido o contato, outras eram do círculo de amizade de amigos, mas após realmente viver esse processo com alguém muito querido que felizmente esta vivo e forte agora, essa possibilidade deu um nó enorme na minha cabeça.

    http://www.papel40kg.com/

    ResponderExcluir
  8. A vida é uma constante reflexão, assim como as atitudes deveriam ser. Eu acredito em algo além disso, mas nem por isso sou completamente insensata em minhas atitudes. procuro aproveitar mas ainda meço algumas consequências. Excelente teu artigo!

    ResponderExcluir
  9. gostei do texto, dizem que filosofar é aprender a morrer... só um toque: o texto que vc atribuiu a renato russo, é da segunda carta de paulo aos coríntios, capitulo 13, o renato russo citou o texto na musica.

    abraço

    ResponderExcluir
  10. Nós somos Deus














    E o diabo













    Na terra





















    do sol.

    ResponderExcluir
  11. Achei fantástico o seu ponto de vista e seus blogs...
    Mas cheguei em busca de outra coisa, porém que só encontrei no seu blog: http://repostasnuncaperguntadas.blogspot.com/2008/02/f-de-cada-um-parte-3-budismo.html

    Por favor, vc poderia me passar o endereço do Templo. Já faz algum tempo que procuro. Envie para o email artemis.temis@gmail.com.

    Muito obrigada,
    Elaine

    ResponderExcluir
  12. MUITO BOA ESSA SUA REFLEXÃO SOBRE A MORTE. QUANTO A DEUS... BOM: ELE PODE ESTAR TÃO PERTO QUANTO VC POSSA IMAGINAR.

    http://ozeladorfiel.blogspot.com/

    ResponderExcluir